quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Telefonema...


Ela: Estou...
Ele: Preciso de ti esta noite...
Ela: ...
Ele: Porque hoje já não vou dormir...
Ela: mas...
Ele: Quando penso em ti...
Ela: ...
Ele: começo a suar...dás-me febre...
Ela: mmm...
Ele: Sinto-me sozinho, preciso de ti...
Ela: ...
Ele: tu sabes que sim...anda...
Ela: não sei...
Ele: Somos iguais, sinto-te quente...
Ela: ...
Ele: Desliza até aqui... sabes o caminho...
Ela: mas...
Ele: anda dividir o momento, acalmar o calor...
Ela: não sei...
Ele: Eu já não durmo e tu também não... iguais, tu e eu...
Ela: será...
Ele: O momento é nosso... espero-te aqui...quente...
Ela: quente...
Ele: Preciso dos teus toques lânguidos...
Ela: mmm...
Ele: dos teus movimentos lascivos e esguios...liberta-me...
Ela: hummm...
Ele: Quero-te esta noite...
Ela: ...sim...

...
clic!

1 comentário:

Anónimo disse...

Gostei bastante... muito sexual. Continua a escrever.